Adotando uma Criança - Realizando um Sonho
http://www.allaboutlifechallenges.org/portuguese/adotando-uma-crianca-2.htm
Você está aqui: Desafios da Vida >> Adotando uma Criança >> Versão para impressão
(Leia Adotando uma Criança Parte 1 Primeiro)

Adotando uma criança – Um testemunho pessoal
Talvez os casais ainda estejam tentando processar todos os fatos e números que encontraram em sua pesquisa sobre a adoção de uma criança. Para achar encorajamento, conheça os Brenners.

Adotando uma criança – O processo
Ainda sem filhos, os Brenners decidiram tentar adotar em Novembro de 2002. Seus amigos tinham conseguido adotar uma menina da China, então os Brenners contataram uma agência especializada em adoção de crianças chinesas. Um assistente social de onde moravam cuidou das exigências por parte do governo. No entanto, a primeira tentativa por parte dos Brenners de adotar uma criança fracassou já depois da execução árdua de exigências como: investigações de seu passado, investigações das impressões digitais, aprovação do lar, aulas e muita papelada. O motivo da rejeição é que a história médica dos Brenners não estava de acordo com as exigências da China.



O casal entrou em contato com a sua agência novamente. A esse ponto, essa organização já tinha começado a trabalhar com os governos da Ucrânia, Usbequistão e Nepal. Como aconteceu com a China, a condição médica dos Brenners não foi vista favoravelmente pela Ucrânia. Devido ao sistema cheio de chantagens de Usbequistão, apenas Nepal restou como uma alternativa viável, mesmo depois de avaliar as opções domésticas.

O longo processo de adoção de uma bela menina de dois meses de idade de Nepal começou em abril de 2004. A agência fez um depósito na conta bancária do governo nepalês para que o casal pudesse então começar o processo. Os Brenners ansiosamente fizeram planos de viagem, conseguiram os vistos e tomaram as vacinas necessárias para que pudessem visitar um outro país. Três dias antes de viajar, o governo nepalês fechou o orfanato onde o bebê se localizava devido ao tráfico infantil e atividades com o mercado negro.

Desapontados, mas destemidos, os Brenners receberam uma outra ligação algumas semanas depois para visitar uma menina de um ano de idade chamada Sushila. Com orfanatos muito envolvidos em tráfico infantil, os escritórios de Katmandu deixaram de receber pedidos para adoções dois dias depois que os Brenners tinham enviado toda a papelada. Um mês depois, depois de investigação dos orfanatos, Nepal resolveu reabrir o sistema de adoção. O Rei de Nepal então dissolveu o governo.

Adotando uma criança – O resultado
Há muitos obstáculos a serem vencidos. Em março de 2005, a papelada dos Brenners estava perto de perder a validade. Os governos americano e nepalês tiveram que dar uma adiantada nos processos e formulários para que esse casal pudesse adotar a pequena menina. Em junho de 2005, os Brenners chegaram no orfanato em Nepal e foram carinhosamente recebidos por Sushila, a qual imediatamente passou a chamá-los de mamãe e papai.

"Estamos impressionados como Deus orquestrou tudo de acordo com a Sua vontade e no Seu tempo. Não gostamos de quando a nossa resposta de oração é ‘espere’, mas que testemunho incrível de Seu poder", disse o sr. Brenner.

À medida que você considera entrar na aventura de adoção, orem juntos para ter certeza de que é isso que Deus quer que vocês façam. A Bíblia também nos diz que se buscarmos a vontade de Deus em primeiro lugar, todas as outras coisas nos serão acrescentadas (Mateus 6:33). Deus vai providenciar sabedoria e ajuda para aqueles que O procuram de todo coração (Jeremias 29:13).

Até a Bíblia menciona sobre adoção! Ela nos diz que passamos a fazer parte da família de Deus quando O recebemos (Efésios 1:5-6; Romanos 8:14-17). Essa oportunidade é para todos, qualquer que seja a sua família, gênero, idade, nacionalidade ou passado (Romanos 10:9-13).

Aprenda mais sobre a adoção à família de Deus!

Informações úteis sobre serviços de adoção (em inglês) podem ser achados em www.bethany.org e www.shaohannahshope.com.



O que você acha?

Todos nós pecamos e merecemos o julgamento de Deus. Deus Pai enviou o Seu único Filho para satisfazer o julgamento por aqueles que crêem nEle. Jesus, o Criador e eterno Filho de Deus, viveu uma vida sem pecado e nos ama tanto que morreu pelos nossos pecados, tomando sobre Si o castigo que nós merecemos, foi enterrado, e ressuscitou dos mortos, de acordo com a Bíblia. Se você realmente crê e confia nisso de coração, e escolher receber a Jesus como o seu único Salvador, declarando "Jesus é o Senhor", você será salvo do julgamento e passará a eternidade com Deus no céu.

Sim, hoje eu estou decidindo seguir a Jesus ||| Sim, eu já sou um seguidor de Jesus ||| Eu ainda tenho dúvidas


Copyright © 2002 - 2017 AllAboutLifeChallenges.org, Todos os direitos reservados.