Clicky

Famílias Misturadas

Famílias Misturadas

 - União e Paz
Você está aqui: Desafios da Vida >> Famílias Misturadas

Famílias misturadas – Bom senso
"Famílias misturadas" é um termo relativamente novo na história, mas já se tornou parte da linguagem do dia a dia nos últimos 50 anos. De certa forma, a família misturada já passou a ser sinônimo com um padrasto malvado ou um meio-irmão ou meia-irmã da ”família defeituosa” em nossa cultura. Não devemos nos enganar; nosso primeiro contato com famílias misturadas foram um mau exemplo. Em um extremo, temos a história de Cinderela com uma madrasta malvada e suas horríveis filhas. No outro extremo, temos as famílias da TV que ”viveram felizes para sempre”.... bem, vamos agora voltar-nos à realidade!

Bom senso é um dos quatro melhores aliados em relacionamentos. Trate um ao outro com gentileza, paciência e respeito – do jeito que você gosta de ser tratado. Não fale mal do pai ou mãe dos seus filhos de forma alguma. Quando duas famílias diferentes passam a morar embaixo do mesmo teto, conflitos vão acontecer. No entanto, falar abertamente sobre esses conflitos e compreender os sentimentos de todos envolvidos é muito importante. Só com o tempo as duas famílias poderão escrever sua própria história e crescer em amor familiar. Pode demorar e provavelmente não vai ser fácil, mas vale a pena o esforço.

Famílias misturadas – Pais e filhos
A regra mais importante para famílias misturadas é que os pais NÃO devem discordar um do outro na frente dos filhos. Quando os cônjuges têm conflito- qualquer tipo de conflito- eles devem conversar em particular. É muito tentador defender o seu próprio filho e acusar o seu enteado (a).Também é tentador acusar o seu cônjuge de disciplina desequilibrada em relação ao seu filho. Você também não se permita ser culpado desse erro. "Lembre-se que os filhos passam a conviver com praticamente pessoas estranhas e de repente acham que têm que competir pela atenção dos pais. Geralmente se sentem que estão sendo substituídos, aos invés de adicionados", dizem Tom e Lori, pais de quatro.

"É muito importante que os filhos vejam um lar unido com relacionamentos estáveis. O problema mais comum é disciplina, o qual pode rapidamente destruir essa união". Tom e Lori tiveram que trabalhar juntos para unir seus estilos e ideias de disciplina. "É muito importante que logo no início os pais conversem com seus filhos sobre o controle, autoridade e respeito que devem ser dados ao padrasto ou madrasta. Defenda seu cônjuge! Se os filhos perderam um pai ou mãe por causa de morte ou divórcio, suas vidas mudaram", diz Tom. Lori adiciona: "Quando as crianças ficaram sabendo de antemão que tipo de comportamento era esperado e que o pai deles me dava apoio, a aceitação da nova família ficou mais fácil."

"Além disso, os filhos precisam de tempo de qualidade com o pai ou mãe natural. Se você for o padrasto ou madrasta, seja compreensivo. Mãe, vá ao jogo do seu filho enquanto o pai leva sua filha ao cinema. Isso dá aos filhos tempo para saberem que ainda são importantes e que você não está tentando atrapalhar o seu relacionamento com o seu pai. Também é importante juntar as duas famílias para um passeio—como família". Pais e mães, não esqueçam de arranjar tempo só para você e seu cônjuge sem os filhos! Planeje uma noite de passeio só para vocês dois uma vez por semana. Afinal, recém-casados também precisam de tempo a sós.

Famílias misturadas – O plano perfeito
Novas personalidades, hábitos e memórias são adicionados ao novo lar de famílias misturadas. No entanto, é necessário deixar claro que a criança ainda é a criança e o adulto ainda é o adulto. Crianças precisam de um equilíbrio de amor e disciplina. Dê aos seus enteados a afeição da qual precisam, da mesma forma que você dá aos seus filhos. Os sentimentos de amor crescerão com o tempo. Os pais (naturais ou não) têm a função de obedecer à responsabilidade de criar os filhos propriamente, assim como os filhos têm a responsabilidade de honrar seus pais (Efésios 6:2).

Tom e Lori também disseram: "Os filhos não têm a maturidade de compreender a dinâmica dessa nova família e quão amorosa ela pode ser; mas como adultos, nós devemos. Assim como quando casais adotam filhos, escolhemos nos casar e fazer parte da família com esses filhos. Cuide deles, eduque-os e aceite-os mesmo quando aparentarem estar dando uma rejeição. Nós oramos muito por eles e com eles".

Os versículos bíblicos a seguir podem ajudar quando a tarefa de cuidar de uma família misturada aparenta ser um dever difícil demais.

Isaías 66:13: "Como alguém a quem consola sua mãe, assim eu vos consolarei".

Efésios 4:2 "Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor."

Efésios 4:29, 31-32: "Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós. Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo."

Aprenda mais agora!


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


Desafios da vida

Aconselhamento Familiar Cristão
Cuidando dos idosos
Conflito no casamento
Abuso verbal
Adotando uma criança
Ninho vazio
Pai ou Mãe solteiro (a) - Apoio
Conflitos familiar
Planejando a aposentadoria
Conteúdo adicional ...

Deus existe cientificamente?
Deus existe filosoficamente?
A Bíblia é a verdade?
Quem é Deus?
Jesus é Deus?
Por que a fé cristã?
Como posso crescer com Deus?
Assuntos populares
Recuperação
 
 
 
Pesquisar
 
Add Famílias Misturadas to My Google!
Add Famílias Misturadas to My Yahoo!
XML Feed: Famílias Misturadas
Desafios da Vida Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2017 AllAboutLifeChallenges.org, Todos os direitos reservados.