Clicky

Anorexia e Bulimia

Anorexia e Bulimia

 - Consequências sérias
Você está aqui: Desafios da Vida >> Anorexia e Bulimia

Anorexia e Bulimia – Uma desordem alimentar com grandes consequências
Anorexia e Bulimia são um transtorno alimentar que pode ter um grande impacto no corpo. Enquanto o cuidado profissional da saúde mental é muito importante aos indivíduos que sofrem com essa desordem, a avaliação e tratamento médicos são de igual importância. Fome forçada e ciclos de provocar vômito ou tomar laxantes podem ter graves consequências fisiológicas.

Anorexia e Bulimia – Os efeitos médicos do vômito provocado e do uso excessivo de laxantes
Anorexia e Bulimia podem causar prejuízo para o esôfago (o tubo que liga a boca ao estômago) devido a ciclos repetidos de vômitos. O bile e ácidos estomacais irritam e inflamam a membrana que reveste o esôfago, causando uma condição conhecida como esofagite, que é às vezes grave o suficiente para causar cicatrizes e estreitamento. Esta passagem pode tornar-se tão estreita que é difícil para o alimento atravessá-la. O estresse físico do vômito pode causar rasgos no revestimento do esôfago. Estes rasgos podem sangrar massivamente ou causar a ruptura do esôfago. Esta é uma condição que causa um risco de vida e que requer cirurgia imediata.

Anorexia e Bulimia também podem causar dano ao estômago devido à compulsão alimentar. Vômitos frequentes geralmente causam gastrite, uma inflamação do estômago. Além disso, comer uma grande refeição muito rapidamente, combinado com um esvaziamento mais lento de comida do estômago pode, em raras ocasiões, provocar a ruptura do estômago, causando a morte por causa de peritonite. Complicações do pulmão ocorrem quando a indução de vômito leva à aspiração de partículas de alimentos, de ácido gástrico e de bactérias do estômago pelos pulmões, causando uma pneumonia.

Complicações renal e cardíaca, quando ocorrem, são muitas vezes graves. O jejum, vômitos, e uso em excesso de laxantes podem resultar em perda de fluidos e eletrólitos importantes ao corpo. Desidratação crônica e baixos níveis de potássio podem causar pedras nos rins e até mesmo insuficiência renal. A perda de ácidos do corpo, como um resultado de vômitos frequentes, leva a altos níveis alcalinos no sangue e tecidos corporais. Isto pode provocar fraqueza, constipação e fatiga. Alcalose severa e deficiência de potássio podem causar um ritmo cardíaco irregular ou morte súbita. Dano ao intestino, especialmente do cólon, comumente é causado devido ao uso excessivo de laxantes. Danos ao revestimento intestinal podem causar úlceras e fezes sangrentas.

Os que sofrem com anorexia têm dificuldade de manter um peso corporal regular. Eles restringem o consumo de alimentos, seja por comer em quantidades muito pequenas ou por fazer exercício demasiadamente. As mulheres ou meninas que lutam com este transtorno muitas vezes param de ter períodos menstruais. Essas pessoas (homens e mulheres) também lutam com a queda de cabelo, enjoos frequentes, alterações de humor e desnutrição. Em última análise, aqueles que lutam com anorexia grave podem correr o risco de morte.

Anorexia e Bulimia podem causar lesões na pele de várias maneiras. A maioria dos laxantes sem receita contêm fenolftaleína, uma substância que pode causar úlceras na pele e hiperpigmentação (manchas marrons ou cinzas). Vômitos vigorosos e em excesso podem causar hemorragias nos vasos sanguíneos do olho. Dano aos dentes também é bastante comum. Vômitos crônicos aumentam a acidez da boca e resultam na erosão da dentina e esmalte dos dentes.

Anorexia e Bulimia - Laxantes, pílulas dietéticas e outras drogas
Vítimas de Anorexia e Bulimia frequentemente usam remédios, com ou sem receita, na tentativa de permanecerem magras. Laxantes, por exemplo, aparentam transportar alimentos através do corpo mais rapidamente e podem aliviar distensão abdominal depois de comer, mas eles não impedem que as calorias dos alimentos sejam absorvidas. A perda temporária de peso que é vista depois do uso de laxantes é em grande parte devido à perda de água na circulação do intestino; o paciente tende a recuperar esse peso naturalmente. O uso indevido de laxantes é prejudicial de várias maneiras: eles prejudicam o equilíbrio hidro-eletrolítico do organismo, levam à desidratação, danificam o revestimento do aparelho digestivo, fazem com que o intestino fique preguiçoso, de forma que uma pessoa pode começar a sofrer com constipação quando laxantes não são utilizados.

Diuréticos, ou pílulas de água, aumentam a excreção urinária e podem causar uma súbita perda de peso. Uma pessoa que não consegue distinguir entre a perda de gordura corporal e a perda de água pode ver isso como um efeito desejável e começar a usar diuréticos para perder peso. Entretanto porque a única perda induzida é de água, o resultado é a desidratação. Além de causar desidratação, diuréticos também são perigosos porque podem aumentar a perda de cálcio, potássio, magnésio e zinco do corpo. Eles também podem causar a retenção de sal e de água, tornando o organismo mais sensível às mudanças na dieta. O xarope de IPECAC, necessário para provocar o vômito, tem sido associado com a morte de vários pacientes com transtornos alimentares. Emético, o ingrediente ativo, pode acumular-se no tecido e causar fraqueza muscular ou cardíaca. IPECAC é tóxico, quer seja tomado como uma grande dose única ou em pequenas doses que podem acumular-se ao longo do tempo.

As vítimas de Anorexia e Bulimia podem tomar pílulas dietéticas para ajudar na perda de peso. As pílulas de receita médica mais conhecidas são Dextro-Anfetamina (Dexedrine) e Benzedrina, mas remédios sem receita médica também são utilizados de forma excessiva. Essas drogas reduzem o apetite, mas apenas temporariamente. Normalmente o apetite volta ao normal após uma semana ou duas, o peso perdido é recuperado, e depois o usuário tem o problema de tentar sair da droga sem ganhar mais peso. Atenção: estes medicamentos são de pouca utilidade para obter e manter perda de peso e podem tornar-se perigosamente viciantes.

Anorexia e Bulimia - Fuja do ciclo do desespero
Anorexia e Bulimia podem até ter parecido como uma solução fácil de primeira, mas as "soluções" só causaram desespero mais profundo, auto-aversão e vício. A cultura e sua ideia de perfeição estabeleceram um padrão inatingível para a maioria, ao mesmo tempo sussurrando: "Se você não estiver satisfeito, faça alguma coisa sobre isso". Apesar do desejo de mudança não ser intrinsecamente errado, concentrar-se inteiramente na imagem corporal pode levar à obsessão. Distúrbios alimentares como Anorexia e Bulimia oferecem uma falsa sensação de controle, causando um ciclo de doença que rouba a sua auto-estima, perturba a sua vida quotidiana e afeta a sua saúde, às vezes a ponto de causar a morte. Apenas ao fugir dessa armadilha e ao descobrir a beleza interior é que você pode encontrar contentamento verdadeiro.

Leia mais agora!

Material tirado do livro "Dying to be Thin" escrito por Marian Eberly and Bonnie Harken. Copyright © 2000 Focus on the Family. Usado com permissão.


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


Recuperação

Viciado pelo trabalho
Ajuda para o abuso infantil
Codependência
Vício de cigarro
Terapia pela hipnose
Recuperação de codependência
Eu odeio a minha vida
Vício de Pornografia
Sobreviventes de Estupro
Conteúdo adicional ...

Deus existe cientificamente?
Deus existe filosoficamente?
A Bíblia é a verdade?
Quem é Deus?
Jesus é Deus?
Por que a fé cristã?
Como posso crescer com Deus?
Assuntos populares
Desafios da vida
 
 
 
Pesquisar
 
Add Anorexia e Bulimia to My Google!
Add Anorexia e Bulimia to My Yahoo!
XML Feed: Anorexia e Bulimia
Desafios da Vida Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2018 AllAboutLifeChallenges.org, Todos os direitos reservados.