Tudo Sobre os Desafios da Vida Sitting looking over grass hill - Tudo Sobre os Desafios da Vida Bandeira

Lidar com a Solidão


Lidar Com a Solidão – Decepcionados e Abandonados
Lidar com a solidão é muitas vezes uma consequência de enfrentar um dos desafios da vida. Os seus amigos podem não entender o que é estar na sua situação a não ser que tenham eles mesmos passado por essa circunstância. Talvez não entendam as suas dificuldades e não saibam como o ajudar. Portanto, os seus amigos mais próximos podem desiludi-lo ou até virar-lhe as costas. Os meus amigos fizeram-no. O meu desafio de vida consistia de dores crônicas. Surgiu-me uma lesão no braço bastante grave e já não tinha capacidade de trabalhar da mesma forma que trabalhava até então. Apesar da minha intensa procura por trabalho, perdi a carreira que tanto valorizava.


Lidar Com a Solidão – Devastada e Sozinha
À medida que lidava com a solidão, era difícil não comparar o meu destino com o de Jó da Bíblia, com a perda de tantas coisas a que dava tanto valor. Tal como Jó, eu também tinha amigos que, afinal, não eram amigos de verdade. De início, alguns eram como Elifaz e davam conselhos do gênero: “Aumenta a tua fé – confia em Deus!” Eu estava confiando em Deus. No entanto, aquela resposta não era específica o suficiente para me ajudar a encontrar as soluções de que eu precisava naquela altura. A graça de Deus é suficiente para satisfazer todas as nossas necessidades. No entanto, isso não quer dizer que o tempo ou as respostas vão, de fato, ser aquilo que esperávamos. Olhando para trás, eu consigo ver que Deus interveio por mim em todas as situações que decorreram durante este vale profundo e obscuro da minha vida. No entanto, naquela altura eu estava tendo dificuldades em ouvir a voz de Deus e em ver as Suas obras porque as respostas que me dava não eram as que eu procurava ou esperava.

Mais tarde os amigos de Jó disseram-lhe que ele precisava examinar a si mesmo e descobrir onde tinha pecado para que se pudesse arrepender-se desse pecado. Os meus amigos fizeram o mesmo. Os amigos de Jó não especificaram qual o seu pecado, mas os meus sim. Acusaram-me de mentir acerca dos sintomas do meu braço e de solicitar indenizações fraudulentas ao meu empregador e ao meu governo. Eu queria perguntar-lhes se eram médicos? Eu queria perguntar-lhes se eles achavam que os meus seis médicos iam mentir e por em risco as suas licenças por mim? Fiquei muito magoada por me acusarem de mentir e de cometer fraude, mas acima de tudo fiquei magoada com o fato de pensarem tão mal do meu testemunho como Cristã. Tudo o que podia fazer para me defender era citar Provérbios 5:21: “Eis que os caminhos do homem estão perante os olhos do Senhor, e ele pesa todas as suas veredas.” Erroneamente, o mundo relaciona a saúde e a prosperidade com as bênçãos de Deus, e o sofrimento e a dor com o juízo de Deus.

Fiquei devastada quando estes amigos (que já me conheciam há mais de 25 anos) decidiram que não confiavam na minha honestidade, integridade ou testemunho cristão o suficiente para ficarem do meu lado como meus amigos. Fiquei muito magoada com esta rejeição. E, como este era o meu grupo social, senti-me muito sozinha.


Lidar Com a Solidão – Aquele que o Entende
Ao mesmo tempo que lidava com a minha solidão a um nível muito profundo, continuava a ler a minha Bíblia. Foi aí que as Escrituras me recordaram que o mesmo aconteceu a Jesus Cristo à sua hora mais agonizante no Jardim de Gêtsemani (Mateus 26: 36-46). Ele estava completamente só. Nos dias seguintes, sempre que me sentia desencorajada ou sozinha, eu abria a minha Bíblia e era como se as palavras saltassem das páginas – palavras que foram especificamente colocadas lá para me confortar na minha situação. Jesus satisfez a minha maior necessidade.

Encontrei consolo no fato de que Jesus vivenciou tudo o que nós vivenciamos, e Ele sabe exatamente como nos sentimos. Ele pode confortar-nos porque Ele também já passou por isso. Ele promete nunca nos abandonar nem nos desamparar. Ele promete ficar mais perto de nós do que um irmão. Ele diz que se pedirmos ajuda, Ele dirá: “Eu estou aqui!”.

Encontre Ajuda



O que você acha?
Todos nós pecamos e merecemos o julgamento de Deus. Deus, Pai enviou o Seu único Filho para satisfazer o julgamento por aqueles que creem nEle. Jesus, o Criador e eterno Filho de Deus, viveu uma vida sem pecado e nos ama tanto que morreu pelos nossos pecados, tomando sobre Si o castigo que nós merecemos, foi enterrado, e ressuscitou dos mortos, de acordo com a Bíblia. Se você realmente crê e confia nisso de coração, e escolher receber a Jesus como o seu único Salvador, declarando, "Jesus é o Senhor", você será salvo do julgamento e passará a eternidade com Deus no céu.

Qual a sua resposta?

Sim, eu quero seguir Jesus

Eu já sou um seguidor de Jesus

Ainda tenho dúvidas





Como posso conhecer a Deus?




Se você morresse, por que Deus deveria deixar você entrar no céu?


Direito Autoral © 2002-2020 AllAboutLifeChallenges.org, Todos os Direitos Reservados