Tudo Sobre os Desafios da Vida Sitting looking over grass hill - Tudo Sobre os Desafios da Vida Bandeira

Superando o Aborto Espontâneo

(Read Superando o Aborto Espontâneo, Part 1 First)

Superando um Aborto Indesejado – Honre seu bebê
Superar um aborto é um processo com pouca ceremônia pública. Funerais não acontecem. Velórios não são executados. E condolências de amigos e parentes geralmente acabam duas semanas depois do ocorrido (a essa altura, as pessoas acham que os pais já devem estar bem). No entanto, criar memórias da criança (mesmo meses ou anos depois do aborto) oferece bastante conforto à mãe e ao pai que merecem poder sofrer por sua perda.


Superando um Aborto Indesejado – Crie memórias de seu filho
Superar um aborto surge de poder lembrar de seu filho, e não de ter que esquecê-lo. Encontre a seguir algumas sugestões para lembrar da curta vida de uma criança preciosa:

  • Dê um nome ao seu filho. Através disso, o bebê se torna uma pessoa real que pode ser chamado pelo nome.
  • Plante uma árvore ou compre uma planta em memória de seu filho. Dessa forma, uma vida cresce por anos no lugar da vida da criança.
  • Faça uma doação a organizações de caridade no nome da criança.
  • Compre um presente de Natal para uma criança em necessidade em honra da criança que morreu.
  • Tenha um culto em memória da criança e convide amigos íntimos e parentes. Acenda velas, toque música, ore e peça que cada um traga uma pequena lembrança que represente seus pensamentos da criança (poemas, histórias, cartas, etc.). Guarde essas lembranças em um lugar especial.
  • Crie um álbum ou diário.
  • Fale sobre a criança. Expresse qualquer sentimento ou memória sobre ela. Dessa forma, outras pessoas vão se lembrar da criança e vão se educar sobre a tragédia que um aborto envolve.
  • Ore.
  • Frequente um grupo de apoio – um lugar onde o processo de sofrer pela criança é validado e onde várias crianças podem ser relembradas juntas.


Superando um Aborto Indesejado – É uma perda verdadeira, então é normal sofrer
Superar um aborto, apesar de difícil, oferece libertação de sofrimento ainda não resolvido. Certas coisas, como livrar-se de culpa não necessária, aceitar o amor de Deus e lembrar da benção trazida por uma vida tão curta, criam um ambiente onde a cura pode ocorrer. Lembre-se que a dor de um aborto talvez nunca vá embora, mas a dor diminui à medida que técnicas para superar são usadas. Lágrimas vão cair e, ao mesmo tempo, corações vão aos poucos se remendar.

Leia Mais Agora!

Bibliografia: Doctor's Guide to Miscarriage por Lynn Friedman, M.D., com Irene Daria, New York: Hyperion Publishing, 1996.

Se você precisa de ajuda com sua perda, recomendamos o seguinte: Refúgio Quieto



O que você acha?
Todos nós pecamos e merecemos o julgamento de Deus. Deus, Pai enviou o Seu único Filho para satisfazer o julgamento por aqueles que creem nEle. Jesus, o Criador e eterno Filho de Deus, viveu uma vida sem pecado e nos ama tanto que morreu pelos nossos pecados, tomando sobre Si o castigo que nós merecemos, foi enterrado, e ressuscitou dos mortos, de acordo com a Bíblia. Se você realmente crê e confia nisso de coração, e escolher receber a Jesus como o seu único Salvador, declarando, "Jesus é o Senhor", você será salvo do julgamento e passará a eternidade com Deus no céu.

Qual a sua resposta?

Sim, eu quero seguir Jesus

Eu já sou um seguidor de Jesus

Ainda tenho dúvidas





Como posso conhecer a Deus?




Se você morresse, por que Deus deveria deixar você entrar no céu?


Direito Autoral © 2002-2020 AllAboutLifeChallenges.org, Todos os Direitos Reservados