Tudo Sobre os Desafios da Vida Sitting looking over grass hill - Tudo Sobre os Desafios da Vida Bandeira

Superando o Medo

(Read Superando o Medo, Part 1 First)

Superando o Medo – Uma História Pessoal
Ninguém tinha me ensinado a superar o medo, mas o medo fazia parte de minha vida desde pequeno. Minha mãe e meu pai eram muito religiosos, mas tinham fés diferentes. Meu pai Católico dominava, por isso o catolicismo era uma forma de vida para nossa família. Os primeiros oito anos de minha educação foram em uma escola Católica. A mensagem que aprendi na escola e em casa era que eu tinha que ser uma boa pessoa para ir ao céu. Essa crença em si era suficiente para gerar medos – tudo resultava em morte e inferno! Era como se eu estivesse vivendo em areia movediça. Confissão, contrição e penitência iriam me salvar, mas não durava muito porque eu pecava de novo. Eu não tinha nenhum entendimento espiritual de morte, mas o que tinha escutado só piorava o meu medo dela.

Uma noite, quando eu tinha mais ou menos 13 anos, estava quase adormecendo quando escutei: "Se você dormir agora, você vai morrer!" Eu me sentei na minha cama para ver quem tinha falado comigo, mas ninguém estava lá. Então, deitei-me de novo, imaginei que tinha sido um sonho ruim, e esperei que o sono chegasse, mas nunca chegou. Ao invés, eu escutei a mesma coisa de novo. Daquela vez, o medo me consumiu. Comecei a suar de nervoso e a tremer. Chamei a minha mãe e ela veio correndo, sentou perto de mim e me abraçou. Quando disse a ela o que tinha acontecido, ela me confortou e me deu segurança ao ficar comigo até eu dormir. Acordei pensando: "Nossa! Que coisa estranha. Parecia ser real, mas ainda estou vivo. Não morri e final da história." Mas não foi bem assim. Na verdade, isso continou pelos próximos 20 anos da minha vida. Nunca podia predizer quando iria acontecer. Não era algo que acontecia todas as noites, então nunca estava preparado. Sempre ficava apavorado quando acontecia. Nunca mais chamei a minha mãe, nem disse a ninguém nada do que continuava a acontecer.

Logo depois que completei 20 anos eu abandonei a igreja porque tinha ficado com raiva de um deus que me deixava na areia movediça, que não era gentil ou amoroso, mas muito rígido e difícil de agradar. Me formei em Letras e depois terminei o meu mestrado em aconselhamento. Aprendi muita psicologia, mas nunca aprendi a superar o medo mesmo quando procurava respostas no que estava aprendendo. Depois que completei 30, o medo estava paralisando a minha vida e a transformou em algo que tinha muitas faces. Casei-me, tive uma filha e um filho. Minha vida por fora era maravilhosa, mas por dentro ainda tinha tumulto. Nunca tinha paz e nunca pude permanecer ocupado o suficiente para esquecer todos os meus medos.

Finalmente, um dos meus irmãos se sentou comigo e disse: "O Deus da Bíblia não é o Deus que conhecemos como criança. Deveríamos ter lido a Bíblia sozinhos, porque se tivéssemos, nós O enxergaríamos de forma diferente. Ele realmente nos ama, vai nos curar e nos libertar." Aquela foi a primeira vez que alguém tinha me dado qualquer sinal de esperança – e foi o suficiente para me encorajar a ler a Bíblia para achar respostas. Voltei à igreja, mas fiquei longe das duas denominações que pertenciam aos meus pais. Passei alguns anos estudando, escutando e aprendendo, até que finalmente entendi que esses medos estavam em controle da minha vida porque eu tinha deixado que me controlassem. Finalmente entendi que não era a intenção de Deus que eu temesse tanto. Ao contrário, Ele quer que eu confie nEle, dependa dEle e seja confiante da minha existência eterna com Ele.

Uma noite, eu me deitei e escutei de novo: "Se você dormir, você vai morrer!" Daquela vez, sentei na minha cama, e ponderei se devia acreditar no que tinha escutado ou no que tinha aprendido na Bíblia. Decidi que não tinha nada a perder, mas o medo em si. Pela primeira vez, eu confessei o meu medo em voz alta e disse: "Isso é uma mentira e tem sido uma mentira desde o primeiro dia! Hoje é o último dia que você me tormenta. Não vou morrer hoje à noite porque a minha vida está nas mãos de Deus. Se Ele escolher me levar, não teria problema, porque eu sei para onde vou. Estou cansado dessa mentiras que estão roubando a minha paz. Recuso a me entregar ao medo porque vai de encontro com o que a Bíblia diz. De hoje em diante, vou pensar diferente. Minha mente vai ser reconstruída e está sob o controle de Deus." O medo tentou lutar de volta, mas escutei uma outra voz dizer: "O inimigo odeia vê-lo sorrir e se você colocar um sorriso no rosto, voltar a deitar e dormir, você vai confundi-lo." Eu sorri, agradeci a Deus do fundo do meu coração, voltei a deitar e fui dormir.

Tudo parou naquele momento? Foram todos os meus medos conquistados? Acredito que sim, mas a batalha na minha mente continuou por meses. Deus foi fiel em me ajudar a reconhecer quando estava respondendo a pensamentos que não deviam mais existir. Cada vez, eu tive que fazer uma escolha consciente de parar de acreditar no que estava na minha mente e acreditar na Palavra de Deus. João 8:31-32 diz: "Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." Já se passaram trinta anos desde que sentei na minha cama e conquistei o medo. Tenho passado todo esse tempo tentando evitar que esses medos me controlassem. Com a ajuda do Espírito Santo, eu cuido do meu sistema de crença!

Você está batalhando com o medo? Salmo 34:4 diz: "Busquei ao SENHOR, e ele me respondeu; livrou-me de todos os meus temores." Deus quer te libertar, então peça a Ele! Por que não levar esse medo a Deus? Se você nunca teve um relacionamento com Ele antes, você pode começar um agora mesmo. Superar qualquer medo é possível, mas é necessário que nos tornemos filhos de Deus primeiro. Ele está apenas uma oração de distância.

Ore Agora



O que você acha?
Todos nós pecamos e merecemos o julgamento de Deus. Deus, Pai enviou o Seu único Filho para satisfazer o julgamento por aqueles que creem nEle. Jesus, o Criador e eterno Filho de Deus, viveu uma vida sem pecado e nos ama tanto que morreu pelos nossos pecados, tomando sobre Si o castigo que nós merecemos, foi enterrado, e ressuscitou dos mortos, de acordo com a Bíblia. Se você realmente crê e confia nisso de coração, e escolher receber a Jesus como o seu único Salvador, declarando, "Jesus é o Senhor", você será salvo do julgamento e passará a eternidade com Deus no céu.

Qual a sua resposta?

Sim, eu quero seguir Jesus

Eu já sou um seguidor de Jesus

Ainda tenho dúvidas





Como posso conhecer a Deus?




Se você morresse, por que Deus deveria deixar você entrar no céu?


Direito Autoral © 2002-2020 AllAboutLifeChallenges.org, Todos os Direitos Reservados