Tudo Sobre os Desafios da Vida Sitting looking over grass hill - Tudo Sobre os Desafios da Vida Bandeira

Tratamento Contra o Câncer


Tratamento Contra o Câncer – Recebendo Notícias Devastadoras
Se você ou alguém que ama está a enfrentar um tratamento contra o câncer, tire alguns minutos para ler esta história pessoal.

No dia 22 de julho, recebi a notícia mais devastadora de toda a minha vida: “Allison, os resultados do seu teste já chegaram. Não é Tuberculose, mas sim câncer e já se ramificou para várias partes do seu corpo.”

Por alguns segundos, fiquei ali sentada na cadeira do consultório médico em estado de choque e totalmente incrédula. Pouco tempo depois a minha mente começou a ser assaltada por todos estes pensamentos...“Como é que posso ter câncer? Tenho apenas 36 anos e estou na iminência de uma nova mudança de carreira. Será que irei morrer sem ver concretizado o meu sonho de me tornar uma empresária bem sucedida? E os meus planos de um dia vir a ter dois filhos? Será que não poderei dar ao meu bebê o nome “Anaya” (um nome africano que significa ‘levanta os olhos para Deus’)? Será que os meus sonhos se acabaram? Eu nunca fumei, nunca abusei do álcool ou de qualquer outro tipo de droga ilícita. Então, pergunto, de onde é que veio este câncer? Será este um tipo de câncer hereditário?”

Quando me dei conta do que o médico acabara de me dizer, emiti um grito do fundo da minha alma. Enquanto as lágrimas percorriam o meu rosto, olhei para o meu médico procurando as respostas para as minhas perguntas. Ele não era capaz de me oferecer uma explicação racional e eu conseguia ver igualmente a dor e agonia no seu rosto. Conhecia este médico há muitos anos, desde que me operara em 1997,pela primeira vez de tumores fibroides. Ele conseguiu salvar o meu útero numa altura em que outros médicos já me haviam dito que iria necessitar de uma histerectomia. Será que desta vez ele seria capaz de usar as capacidades e talentos que Deus lhe dera para livrar o meu corpo deste câncer? Não, desta vez não. Esta situação exigia outro tipo de especialista, portanto ele me encaminhou a um oncologista especializado em câncer nos ovários, uma vez que ele acreditava que o câncer poderia ter origem no meu útero.

Depois de a oncologista me ter examinado e revisto os resultados dos testes, ela determinou que o câncer não tinha origem no útero, e apontou-me a outro médico, um cirurgião gastrointestinal, que me fez uma endoscopia e uma colonoscopia. Os resultados deste teste mostraram que o câncer tinha se originado no meu apêndice, depois espalhou-se para as paredes do estômago, vesícula biliar, útero, ovários, trompas de Falópio e cólon. Como se não bastasse, havia duas formas raras de câncer no meu corpo! Tal como aconteceu com os dois primeiros, este médico foi incapaz de ficar com o meu caso, e portanto, aconselharam-me a um oncologista especializado na rara forma de câncer que estava a provocar a devastação do meu corpo. A recomendação deste último médico aconselhava um tratamento radical, ou seja, seria submetida a um procedimento cirúrgico chamado Lumpectomia, um processo em que o cirurgião retira toda a parte do tumor que está visível, seguido de quimioterapia agressiva.

Perguntei-lhe se haveria alternativas, e se teria ou não hipótese de sobreviver se não seguisse o seu conselho. Ele respondeu honestamente, dizendo: “Não. Não irá sobreviver porque já se encontra no estágio IV da doença.”


Tratamento Contra o Câncer – A Dor
Usando o bom senso que Deus me deu, decidi optar pela cirurgia e tratamento de câncer por quimioterapia. O dia da cirurgia foi 14 de outubro e levou sete horas para realizar o procedimento. Os meus órgãos reprodutores e parte do meu cólon foram removidos; o meu apêndice foi retirado e a minha vesícula biliar teve que ser ”descascada”. No final desse mês, recebi a minha primeira sessão de quimioterapia e as subsequentes visitas ao meu oncologista não mostraram quaisquer sinais de melhoras. O prognóstico do meu médico dizia que estaria em quimioterapia o resto da minha vida.

Quanto mais conseguirei aguentar, Deus? Será que alguma vez vou acordar deste pesadelo? A dor no meu coração, mente, espírito e corpo, será que alguma vez irá desaparecer? Quando é que as alucinações causadas pelos medicamentos irão parar definitivamente? Será que irei sucumbir a esta doença pavorosa que não desejaria ao meu pior inimigo? O que aconteceu à minha alegria e paz? Onde é que está aquele sorriso de orelha a orelha? Como é que aquela luz magnificente que iluminava o meu ser se tornara agora um fio ténue de luz?

Então, ao fim de oito meses de quimioterapia agressiva, duas transfusões de sangue, perda de peso extrema, fadiga, ossos e articulações arrasadas, mudanças na minha textura de cabelo, infecções na boca, entorpecimento dos meus dedos das mãos e pés e sensibilidade extrema ao frio, pude finalmente contar boas notícias!


Tratamento Contra o Câncer – Os Resultados
No dia 29 de dezembro, recebi o melhor presente de todos os tempos - a dádiva da vida e da saúde. O mesmo médico que me disse que iria ter que fazer quimioterapia o resto da minha vida teve que refazer o seu discurso. A tomografia que tinha feito no dia 17 de setembro mostrou que não havia sinais visíveis de câncer no meu corpo!

As três tomografias mensais seguintes corroboram os resultados da primeira – não há sinais de câncer. Como e por que que sobrevivi a isto?

Alguns meses depois, escutei as palavras de Deus no meu espírito, “(…) e a quem muito é confiado, mais ainda se lhe pedirá” Lucas 12:48. Por causa da graça de Deus, da Sua misericórdia e do seu amor por mim, a minha vida foi poupada e foi-me dada uma segunda oportunidade. Agora percebo que a minha fé, a meditação e confiança na Palavra de Deus, juntamente com o abundante amor, orações e apoio da minha família, amigos e pessoas que nem conhecia, desempenharam um papel crucial na cura do meu corpo. Apesar de por vezes ter estado deprimida, cansada e com grande fatiga, nunca desisti da minha fé na capacidade de Deus em libertar o meu corpo desta doença. A fé é “uma crença e confiança firme e inabalável em Deus, na Sua Palavra e Suas promessas, apesar de experimentar ou não mudanças na sua situação, condição ou circunstâncias.”


Tratamento Contra o Câncer – Compreendendo o Propósito
Desafio todas as pessoas que estão lendo estas palavras – talvez muitos dos leitores estejam passando por um tratamento contra o câncer – para que tenham esperança. Deus é fiel para sempre. Independentemente das provações e dificuldades que esteja enfrentando, mantenha a sua FÉ e Deus estará sempre contigo em todos os momentos. Foi o que Ele fez por mim, e tenho a certeza que fará o mesmo por ti. Deus cumpre as Suas promessas e você pode confiar na Sua Palavra!

Todos nós temos propósitos diferentes aqui na Terra, segundo a vontade de Deus. Antes do meu nascimento terreno, Deus atribuiu-me uma missão ou tarefa específica que deve ser cumprida. Deus poupou a minha vida porque eu ainda não tinha cumprido a missão para a qual Ele havia me chamado. Ele quer que eu use as minhas dádivas espirituais de ajuda, misericórdia, motivação, fé e acompanhamento para ajudar outros e testemunhar que Ele está vivo e anseia estabelecer uma relação com todos aqueles que se voltam para Ele. Deus ama-nos tanto que o Seu coração se quebranta ao ver-nos em sofrimento e afastado Dele.

Não acredito que DEUS me provocou câncer; contudo, Deus respondeu a muitas das minhas perguntas colocando este versículo da Bíblia no meu espírito: João 9:1-3 diz o seguinte: “E passando Jesus, viu um homem cego de nascença. Perguntaram-lhe os seus discípulos: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego? Respondeu Jesus: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi para que nele se manifestem as obras de Deus.” Isto constitui uma verdade para mim também – o câncer aconteceu para que eu pudesse ser uma testemunha da cura e do poder milagroso do Deus Todo-Poderoso.

Deus proporcionou-me uma cura espiritual, emocional e física. E, sem dúvida, a cura mais fascinante que Ele nos pode oferecer é a cura espiritual. Antes de eu aceitar Cristo como meu Salvador, vivia uma vida realmente vazia. Procurei amor nos lugares errados, andava constantemente zangada, confusa, agarrada à falta de perdão pelas coisas que tinha feito e pelos erros que outros cometeram contra mim. Agora que tenho uma relação com Deus por meio de Cristo, sou uma pessoa mais alegre, tranquila e com mais respeito e amor para com os outros e comigo mesma.

É lícito orarmos e pedirmos a Deus para Ele nos curar de doenças ou enfermidades físicas. Por vezes a cura está de acordo com a Sua vontade para a nossa vida mas, em outros casos, poderá não estar. Provérbios 19:21 diz-nos que: “Muitos são os planos no coração do homem; mas o desígnio do Senhor, esse prevalecerá.”

Por favor, nunca perca a esperança; confie em Deus com todo o seu coração. Ele enviou o seu filho Jesus Cristo a este mundo para que nós pudéssemos ter uma vida com abundância e prosperidade. Agarre-se com firmeza à sua rocha e Salvador Jesus Cristo, porque Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente.

Conheça Mais!



O que você acha?
Todos nós pecamos e merecemos o julgamento de Deus. Deus, Pai enviou o Seu único Filho para satisfazer o julgamento por aqueles que creem nEle. Jesus, o Criador e eterno Filho de Deus, viveu uma vida sem pecado e nos ama tanto que morreu pelos nossos pecados, tomando sobre Si o castigo que nós merecemos, foi enterrado, e ressuscitou dos mortos, de acordo com a Bíblia. Se você realmente crê e confia nisso de coração, e escolher receber a Jesus como o seu único Salvador, declarando, "Jesus é o Senhor", você será salvo do julgamento e passará a eternidade com Deus no céu.

Qual a sua resposta?

Sim, eu quero seguir Jesus

Eu já sou um seguidor de Jesus

Ainda tenho dúvidas





Como posso conhecer a Deus?




Se você morresse, por que Deus deveria deixar você entrar no céu?


Direito Autoral © 2002-2020 AllAboutLifeChallenges.org, Todos os Direitos Reservados