Tudo Sobre os Desafios da Vida Sitting looking over grass hill - Tudo Sobre os Desafios da Vida Bandeira

Filhos Adultos de Alcoólatras


Filhos adultos de alcoólatras – Vida no lar
Muitos filhos adultos de alcoólatras cresceram tendo que lidar com o alcoolismo dos seus pais. É importante estudar os efeitos desse estilo de vida nos filhos para ver como podemos reparar os danos. Uma infância infeliz pode criar efeitos com os quais essas crianças vão ter que lidar até à vida adulta.

  • Segredo - Quando você cresce em um lar de pais alcoólatras, a tendência é pensar que a sua casa é a única que tem problemas com o alcoolismo.

  • Ajustes de personalidade- Algumas crianças se tornam encrenqueiras ou palhaços de família. Outras crianças podem se tornar pacificadoras ou muito congeniais, adaptando-se a suas circunstâncias sem qualquer confusão. Outras se tornam adultos responsáveis "em miniatura". Todas estas características são formas diferentes desenvolvidas pela criança para enfrentar e aprender a viver com os problemas de alcoolismo em seu lar.

  • Crianças que crescem em um lar assim muitas vezes sofrem de abuso físico, sexual ou emocional. Minha mãe era uma mulher amorosa enquanto estava sóbria, mas brava, argumentativa e verbalmente abusiva quando ela estava sob a influência profunda do álcool.

  • Transferência de culpa - Alguns pais culpam os filhos pelo seu hábito e as crianças podem aceitar essa acusação quando na verdade a culpa pelo vício não lhes pertence. A vida em uma casa de alcoólatras geralmente é cheia de decepções, mentiras e inúmeras promessas quebradas. Isto faz com que as crianças percam a confiança, aprendam pobres habilidades de comunicação e tenham dificuldade para desenvolver intimidade. Essas crianças frequentemente sofrem de ansiedade devido a uma falta de controle sobre eventos, de receios relacionados com as incertezas em suas vidas e de culpa relacionada com o seu sentimento de responsabilidade pelas atividades de seus pais.


Filhos Adultos de Alcoólatras - Problemas de comportamento
Os comportamentos desenvolvidos na infância para lidar com o alcoolismo muitas vezes são transportados à vida adulta dos filhos de alcoólatras. O palhaço de família pode continuar a ser muito divertido, mas irresponsável. O agitador pode continuar a ter problemas jurídicos e financeiros. A pessoa passiva pode continuar a ter problemas de relacionamento. A pessoa super responsável pode se tornar um adulto que exige perfeição de si e dos que o rodeia. Eles podem ter grande dificuldade de se relacionar com algo que seja nada menos do que perfeição. Eu fiz parte deste grupo. Eu sempre me sentia que não era amado por ser antipático, que era um fracasso e incompetente por nunca poder corresponder às expectativas. Eu tinha expectativas irrealistas que tinha definido para mim mesmo e que os outros – assim eu achava - também tinham estabelecido. Muitos filhos adultos de alcoólatras sofrem de baixa auto-estima, de dificuldade de desfrutar a vida, levam tudo muito a sério e sofrem de uma constante necessidade de obter a aprovação e aceitação dos outros.


Filhos adultos de alcoólatras - Encontrando ajuda
Aprenda mais sobre o alcoolismo e seus efeitos sobre a família.

  • Procure apoio. Fale com outras pessoas sobre os seus sentimentos e experiências para que possam ajudá-lo a perceber maus hábitos de comportamento e de lidar com problemas.
  • Aprenda a construir sobre as coisas que você faz bem. Durante muitos anos eu lutei com problemas de auto-estima e de tentar sempre agradar a todo mundo. Eu orei para que Deus me ajudasse a diferenciar entre a verdadeira humildade, orgulho e auto-estima adequada. Eu sabia que eu precisava aprender sobre o amor de Deus para curar a minha dor mais profunda e para ter um sentimento adequado de auto-estima. Comecei a orar para que Deus realmente me ajudasse a compreender melhor o seu amor, assim como confiar em Sua completa aceitação de mim.
Deus realmente foi fiel a mim e começou a revelar o Seu amor. À medida que estudei a Palavra de Deus, eu percebi que a profundidade do Seu amor por mim tinha sido revelado por Suas ações e por ter enviado Cristo para morrer na cruz como o meu substituto. "Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por meio dele vivamos. Nisto está o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados" (1 João 4:9-10). O sangue de Cristo pagou completamente pelos nossos pecados e nos liberta continuamente de culpa. Somos profundamente amados, e totalmente perdoados (ontem, hoje e amanhã). Por causa do que Cristo fez na cruz ao derramar o Seu precioso sangue, podemos agradar a Deus e ser completamente aceitos por Ele através do nosso presente de salvação.

Aprenda mais!



O que você acha?
Todos nós pecamos e merecemos o julgamento de Deus. Deus, Pai enviou o Seu único Filho para satisfazer o julgamento por aqueles que creem nEle. Jesus, o Criador e eterno Filho de Deus, viveu uma vida sem pecado e nos ama tanto que morreu pelos nossos pecados, tomando sobre Si o castigo que nós merecemos, foi enterrado, e ressuscitou dos mortos, de acordo com a Bíblia. Se você realmente crê e confia nisso de coração, e escolher receber a Jesus como o seu único Salvador, declarando, "Jesus é o Senhor", você será salvo do julgamento e passará a eternidade com Deus no céu.

Qual a sua resposta?

Sim, eu quero seguir Jesus

Eu já sou um seguidor de Jesus

Ainda tenho dúvidas





Como posso conhecer a Deus?




Se você morresse, por que Deus deveria deixar você entrar no céu?


Direito Autoral © 2002-2020 AllAboutLifeChallenges.org, Todos os Direitos Reservados