Tudo Sobre os Desafios da Vida Sitting looking over grass hill - Tudo Sobre os Desafios da Vida Bandeira

Psicose Maníaco-Depressiva


Psicose Maníaco-Depressiva – O que isso significa?
Psicose Maníaco-Depressiva se refere às mudanças de humor de um super “alto” (maníaco) a um super “baixo” (depressivo). Um outro nome para essa doença é Transtorno Bipolar. Isso se refere ao humor de uma pessoa que alterna entre “pólos” de mania (altos) e depressão (baixos). Esse transtorno bipolar é uma desordem cerebral que causa mudanças estranhas no humor, energia e habilidade de viver bem.

Psicose Maníaco-Depressiva ou Transtorno Bipolar afeta homens e mulheres. Apesar de poder começar em qualquer idade, geralmente começa no final da adolescência. Pessoas de todas as idades, raças, grupos étnicos e classes sociais podem ser diagnosticadas com essa desordem. Esse transtorno aparenta ser “coisa de família”, sendo assim geneticamente transmitido. Infelizmente, além de afetar aquele que sofre com a desordem, a doença também pode devastar as vidas dos que cuidam do doente e de suas famílias.


Psicose Maníaco-Depressiva – Como esse transtorno é diagnosticado?
Os sintomas da psicose maníaco-depressiva ou transtorno bipolar são classificados de acordo com os episódios de mania ou de depressão. Muitos estados depressivos são diagnosticados como:

  • Episódio maníaco: Um episódio maníaco é diagnosticado se humor elevado ocorre com 3 ou mais outros sintomas pela maior parte do dia, quase todo dia ou por uma semana ou mais. Se o humor é irritável, 4 sintomas adicionais têm que estar presentes.
  • Episódio depressivo: Um episódio depressivo é diagnosticado se 5 ou mais desses sintomas duram pela maior parte do dia, quase todo dia ou por pelo menos duas semanas.
  • Episódio bipolar misto: Em algumas pessoas, no entanto, os sintomas de mania e depressão podem ocorrer juntos em um estado bipolar misto. Essa pessoa pode ter um humor muito triste e sem esperança, enquanto se sentindo energizado ao mesmo tempo.


Psicose Maníaco-Depressiva – Quais as opções de tratamento?
Descubra o que desperta o comportamento em você: essa doença tem um padrão recorrente e tratamento contínuo é necessário. Uma quantidade de sono adequada e regular é de grande importância no tratamento do transtorno bipolar. Estar ciente do que causa esse comportamento, como padrão de sono ou eventos da vida, também pode ajudar no tratamento dessa doença.

Medicação:Psiquiatras geralmente prescrevem medicamentos conhecidos como “estabilizadores de humor”, ex: lítio e valproato. Se necessário, antidepressivos podem ser usados para equilibrar os altos e baixos da doença.

Monitore a função da sua tiroide:Pessoas com transtorno bipolar geralmente têm problemas de tiroide. Níveis de tiroide precisam ser monitorados cuidadosamente por estarem intimamente relacionados ao humor e níveis de energia.

Aprenda a perceber recaídas:Para uma pessoa com tendências maníaco-depressivas, compreender a doença e aprender a perceber quando recaídas ocorrem é muito importante para o sucesso do tratamento. Isso se refere à pessoa que tem a doença e aos parentes que também procuram tratamento.


Psicose Maníaco-Depressiva – Há esperança?
Não é incomum que o paciente e sua família continuem se sentindo tristes e incompletos quanto ao diagnóstico da doença, mesmo quando avaliaram cuidadosamente as opções de tratamento.

A Bíblia diz em 2 Timóteo 1:7: “Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação.” Aqueles que confiam em Jesus para a sua salvação se tornam um filho de Deus, e Deus dá a eles o Espírito de poder, amor e auto-disciplina. Ninguém tem que sofrer sozinho. Apesar do diagnóstico do transtorno bipolar, se você tiver um relacionamento pessoal com Deus através de Seu Filho, Jesus Cristo, e depender dEle para direção, você vai ter poder para viver sua vida.

Leia uma história pessoal de como superar a depressão!

Recurso: Instituto Nacional de Saúde Mental
www.nimh.nih.gov/publicat/bipolar.cfm.



O que você acha?
Todos nós pecamos e merecemos o julgamento de Deus. Deus, Pai enviou o Seu único Filho para satisfazer o julgamento por aqueles que creem nEle. Jesus, o Criador e eterno Filho de Deus, viveu uma vida sem pecado e nos ama tanto que morreu pelos nossos pecados, tomando sobre Si o castigo que nós merecemos, foi enterrado, e ressuscitou dos mortos, de acordo com a Bíblia. Se você realmente crê e confia nisso de coração, e escolher receber a Jesus como o seu único Salvador, declarando, "Jesus é o Senhor", você será salvo do julgamento e passará a eternidade com Deus no céu.

Qual a sua resposta?

Sim, eu quero seguir Jesus

Eu já sou um seguidor de Jesus

Ainda tenho dúvidas





Como posso conhecer a Deus?




Se você morresse, por que Deus deveria deixar você entrar no céu?


Direito Autoral © 2002-2020 AllAboutLifeChallenges.org, Todos os Direitos Reservados