Tudo Sobre os Desafios da Vida Sitting looking over grass hill - Tudo Sobre os Desafios da Vida Bandeira

Lidando com a Separação


Lidando com a separação - Dor e separação
Lidar com uma separação pode ser uma das experiências mais difíceis da nossa vida. Dor e separação podem ser sinônimos. Para poder superar a dor, geralmente tentamos entender o que causou a separação, e muitas vezes a gente acaba se culpando. No entanto, a verdade é que todos nós passaremos por algum tipo de separação em nossas vidas.

Separação é definido no Michaelis como "ato ou efeito de separar ou separarem-se pessoas ou coisas moralmente ou fisicamente unidas; desunião, divisão, partição". Claramente, há vários tipos de separação que podemos enfrentar. Separação pode ser por um momento ou pela vida toda.


Lidando com a separação – Período curto ou longo
Lidar com a separação por um curto período de tempo pode envolver um ente querido viajando, indo para a guerra ou se mudando para longe. Apesar dessas circunstâncias serem difíceis, a esperança do retorno dessa pessoa facilita a dor. A separação ainda dói, mas a sua dor é a curto prazo, natural e pode ser vencida. Por exemplo, quando os filhos crescem, eles se mudam para longe dos pais, muitas vezes começando suas próprias famílias. Eles se separaram do seu primeiro lar, mas ainda são parte da família. Eles podem estar longe fisicamente, mas ainda podemos manter contato através do telefone, e-mails e visitas.

Lidar com uma separação a longo prazo é mais doloroso. Talvez essa separação nunca vai ser resolvida devido a um divórcio, morte ou excomunhão. Sentimentos de exclusão, exílio ou expulsão geralmente acompanham essa separação. Separação a longo prazo geralmente resulta em dor emocional intensa que é difícil de superar. Se estamos separados devido a uma exclusão ou exílio, geralmente nos sentimos discriminados ou rejeitados. Esses sentimentos podem ser debilitantes se não aprendermos a lidar com eles de uma forma efetiva.


Lidando com a separação - Conforto em aceitação e inclusão
Ao lidar com a separação, a nossa necessidade de ser amado e aceito se intensifica. Embora o aconselhamento seja extremamente útil, podemos aprender a lidar com a separação que tanto nos magoa. Fazemos isso ao compreender como definimos as circunstâncias e a selecionar e abraçar o que é importante para nós. É possível continuar amando uma pessoa ou situação que nos excluiu ou rejeitou? Sim, mas é uma questão de decisão. Em outras palavras, podemos continuar a amar, independentemente de dor pessoal, se fizermos uma escolha consciente de perdoar a quem nos magoou, e se optarmos por amá-los sem depender de nada. Isso significa que o relacionamento será restaurado? Não necessariamente, mas podemos aprender a lidar com a dor e até mesmo receber conforto através do nosso entendimento e seleção de prioridades.


Lidando com a separação - O amor de Deus é a resposta
No início dos tempos, lidar com a separação foi iniciado por Deus. O homem escolheu separar-se de Deus por desobediência (cf. Gênesis capítulo 3). Deus ama a Sua criação e não quer se separar dela. Deus deseja comunhão e um relacionamento pessoal com nós, pois Sua prioridade é amar o homem. A Bíblia nos diz que Deus é amor (1 João 4:7-8). Aprendemos a amar por causa de Deus e podemos lidar com nossa dor através do amor.

Lidar com todas as formas de separação é posto em prática pelo amor. Deus nos ama em todas as circunstâncias. Romanos 5:8 diz: "Mas Deus dá prova do seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós". João 3:16 diz: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna".

Se você estiver sofrendo agora por causa de uma separação dolorosa, o amor incondicional de Deus pode ajudar a resolver grande parte da dor que você está enfrentando. Não é necessário parar de amar algo só porque estamos separados. Muitas vezes amamos alguém, mas devido a ações ou circunstâncias, percebemos que essa relação não é possível. Porque isso depende de certas condições sendo favoráveis, o relacionamento é condicional.

O amor de Deus por nós é incondicional, mas se quisermos desfrutar de nosso relacionamento com Ele, precisamos resolver ou satisfazer certas condições. Orgulho, raiva ou a falta de humildade muitas vezes nos impedem de conciliar e restabelecer o relacionamento. Quando a separação é causada pela morte ou problemas não resolvidos, tais como a falta de arrependimento ou de reconciliação, haverá dor.

Você está sofrendo agora por causa de uma separação que não está resolvida? Por que não dar a Deus a sua dor? Se você nunca teve um relacionamento com Ele antes, você pode começar um agora. Apenas diga a Ele que você está arrependido de todas as coisas que O machucaram ou desapontaram. Diga-Lhe que você muito quer mudar sua vida e viver viver de acordo com Sua vontade como revelada em Sua Palavra, a Bíblia. Lidar com a separação de qualquer tipo é possível, mas primeiro exige que a nossa separação com Deus não mais exista. Esse é o Seu desejo. É o teu? Ele está apenas uma oração de distância.

Fique ligado!



O que você acha?
Todos nós pecamos e merecemos o julgamento de Deus. Deus, Pai enviou o Seu único Filho para satisfazer o julgamento por aqueles que creem nEle. Jesus, o Criador e eterno Filho de Deus, viveu uma vida sem pecado e nos ama tanto que morreu pelos nossos pecados, tomando sobre Si o castigo que nós merecemos, foi enterrado, e ressuscitou dos mortos, de acordo com a Bíblia. Se você realmente crê e confia nisso de coração, e escolher receber a Jesus como o seu único Salvador, declarando, "Jesus é o Senhor", você será salvo do julgamento e passará a eternidade com Deus no céu.

Qual a sua resposta?

Sim, eu quero seguir Jesus

Eu já sou um seguidor de Jesus

Ainda tenho dúvidas





Como posso conhecer a Deus?




Se você morresse, por que Deus deveria deixar você entrar no céu?


Direito Autoral © 2002-2020 AllAboutLifeChallenges.org, Todos os Direitos Reservados